quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Pai nosso

Minha reflexão hoje foi sobre a oração que Jesus nos ensinou em Mateus 6.9-13. Pedi ao Senhor, antes de ler o texto, já lido, ouvido e recitado tantas vezes, que eu pudesse, com a sua ajuda, enxergar algo novo nele. E as palavras-chave que me saltaram aos olhos foram "reino" (governo) e "santificação". Vou reescrever a oração como a percebi nesta reflexão:

"Pai nosso, de todos os crentes, que reina, governa e que estás no céu! 
Santificado seja o teu nome, não maculado através do meu modo de viver. Venha o teu reino, o teu governo, por meio da obediência, do compromisso contigo, da santificação dos teus filhos, aqui na terra como acontece no céu. 
Dá-nos aquilo que precisamos para hoje, ou seja, ensina-nos a depender diariamente de ti. 
Perdoa as nossas dívidas - pois constantemente somos devedores do Senhor porque somos pecadores e pecamos sempre. Perdoa-nos da mesma maneira que perdoamos os nossos devedores, aqueles que pecaram contra nós, que nos ofenderam. Haverá sempre alguém que ficará em débito conosco em palavras ou ações. Que nos lembremos que esta é também a nossa condição contigo, e que nos comportemos como teus filhos.
E não nos deixes cair em tentação, sermos maculados em nossa santidade, pois isso não convém a filhos do Deus que é santo, e faria com que o teu nome não fosse honrado e santificado através de nós. "Não nos deixes", pois a santificação só é possível com a tua intervenção e ajuda.
Porque teu é o reino, tu dominas sobre tudo; tu, e somente tu, tens a autoridade para realizar tudo isso que estamos pedindo. Tu és o dono, o Rei! Teu é o poder para fazer e tua é a glória por fazer. Amém!" (Is. 9.6)

Tenha um dia maravilhoso, em comunhão com o nosso Pai celestial!